vestido midi a.camisa on sale

29.05.18 | Lifestyle

 

Boa notícia para este fim de mês: o vestido midi a.camisa está com 50% de desconto na loja virtual. Confeccionado com algodão da melhor qualidade, o vestido midi a.camisa tem um caimento perfeito na silhueta e uma modelagem clássica, pontuada por uma fenda lateral e uma abertura nas costas, o que torna a peça contemporânea e com possibilidade de ser usada em diversas ocasiões. O vestido midi a.camisa vem em três cores-curingas:

 
Branco
 

 
Azul
 

 
Cinza
 

 

Os estoques são limitados, justamente para manter a a exclusividade e a qualidade de todos os produtos a.camisa. Garanta já sua peça.

heavenly bodies | met gala 2018

08.05.18 | Lifestyle


 

Ontem aconteceu em NY o tradicional baile do MET, evento com um dos red carpets mais interessantes do mundo. A exposição deste ano no Metropolitan Museum of Art gira em torno da influência do catolicismo na moda e o gala para abertura do evento contou com muita extravagância, onde os convidados realmente abraçaram o tema e mostraram produções dignas de nos causar emoção. Rihanna e Katy Perry são sempre as convidadas mais esperadas da ocasião e não decepcionaram. Enquanto a cantora barbadiana se vestiu de papa em um look inteiramente bordado da Maison Margiela, Katy encarnou um anjo com direito a asas gigantes e botas e vestido dourados by Versace. Dos mais minimalistas, como o que usou a modelo Rosie Huntington-Whiteley aos mais teatrais, como a escolha de Sarah Jessica Parker, os adornos de cabeça também foram um show à parte e compunham os looks de diversas mulheres. Duas convidadas chamaram a atenção pela dramaticidade: Solange Knowles usou um modelo estruturado e de formas orgânicas de Iris Van Herpen (e qualquer uma que seja ousada suficiente para usar esta estilista no tapete vermelho merece nosso respeito) e a ganhadora do Oscar deste ano, a atriz Frances McDorman performou com um Valentino que só ela poderia segurar. Emilia Clarke, Amber Heard, Amanda Seyfried e Bella Hadid eram algumas das mulheres mais lindas da noite, mas a nossa preferida foi Blake Lively. A bordo de um Versace luxuosíssimo, bordado com diversas pedras preciosas e que levou mais de 600 horas para ser confeccionado, a peça representava uma catedral católica e foi um dos momentos mais memoráveis da noite. Veja alguns highlights da festa:

 

a.camisa & rodrigo rosner | ny launch chez bia rosa

27.04.18 | Lifestyle


 

Aconteceu ontem em NY o lançamento da collab superespecial entre a.camisa e o estilista Rodrigo Rosner. O jantar para celebrar este momento foi realizado no apartamento da empresária Bia Rosa, que inclusive circulava com um dos modelos novos que já já chegam por aqui. Confira os cliques do get together:

 

 
São diversos modelos deluxe que serão lançados no Brasil em junho. Fique de olho no blog, nas redes sociais (@paulamartins_oficial e @a.camisa) e na loja virtual para saber tudo a respeito desta parceria!

5 segredos de estilo das escandinavas

10.04.18 | Get Inspired By Lifestyle

 

Sempre falamos do estilo das mulheres francesas e italianas, principalmente, mas nós deveríamos estar falando muito mais das escandinavas. Com um estilo que preza primordialmente pelo conforto, suecas, dinamarquesas, norueguesas e finlandesas têm muito a mostrar quando o assunto é moda. Com peças atemporais e misturas inusitadas, as escandinavas são uma das maiores referências para o surgimento de tendências novas. Lembra do movimento normcore? Pois é, veio dessas bandas! Veja cinco segredos de estilo que conseguimos desvendas dessas mulheres:

 

 

Nós começamos a prestar atenção nos mom jeans agora, mas a verdade é que eles já fazem parte do guarda-roupa escandinavo há bastante tempo. Como o conforto é um requisito inegociável no estilo delas, essa modelagem de calça jeans é perfeita para aliar informação de moda com liberdade de movimentos. Além disso, os mom jeans têm uma pegada vintage que as escandinavas também adoram.

 

 

 

A atmosfera vintage faz parte do estilo criativo destas mulheres e isso se estende aos itens de complementação do look. Os tênis brancos já se tornaram um clássico do nosso armário, mas estão há muito mais tempo nos pés das escandinavas. Não basta, no entanto, ser um simples tênis branco. Ele deve ter um ar retrô, quase como aqueles que o seu pai e avô usavam e que foram vistos recentemente em diversos desfiles internacionais (lançadoras de tendências, lembram?!).

 

 

 

Sabe quando nós fazemos um jogo de proporções em nossos looks e colocamos uma peça oversize com outra mais sequinha? Pois bem, quando se trata do estilo das escandinavas isso quase não existe. Essas mulheres realmente levam a história do conforto bem a sério e, além disso, as temperaturas gélidas desta parte do mundo faz com que elas ainda montem sobreposições interessantíssimas. O que podemos tirar de lição: não tenha medo de volumes. Produções inteiramente oversized podem ser muito sofisticadas e diferenciam sua imagem.

 

 

 

Não pense que as escandinavas têm um comportamento consumista como o nosso. A otimização do uso das peças é primordial e viver com menos é uma das metas de vida de muitas pessoas dessas regiões. Por isso, cores básicas como os neutros, terrosos, cinzas, preto, branco, marinho, mostarda etc. formam uma enorme parte do armário dessas mulheres justamente porque todas elas se harmonizam bem juntas e possibilitam um maior número de combinações sem que o look pareça sempre ter a mesma cara. Espertas!

 

 

 

Adicionar peças de pegada masculina ou literalmente masculinas é sempre um truque de estilo transformador do visual e as escandinavas exploram bastante isso. Fazer um produção com ares masculinos pode fazer com que muitas mulheres ainda torçam o nariz, mas saiba que looks assim são carregados de personalidade e atitude. Ternos, estampas da gravataria, camisas, mocassins e brogues são alguns dos itens que podemos adicionar ao nosso dia a dia para montar um visual urbano, atual e cheio de estilo, assim como as escandinavas.

 

tokyo fashion week | street style

22.03.18 | Lifestyle Street Style

Quando o circuito tradicional de fashion weeks termina, outro mais cool e underground começa. É hora das semanas de moda asiáticas e é sempre muito interessante observar o que seus frequentadores andam usando. À primeira vista esse visual pode nos parecer exagerado, mas tudo que é de vanguarda causa estranheza no primeiro contato. E na verdade são nessas semanas de moda menos conhecidas e disputadas que podemos detectar alguns movimentos que podem se tornar grandes tendências no futuro. Veja alguns dos mais interessantes flagras do street style da semana de moda de Tokyo.

 

fashion meeting + paula martins

20.03.18 | Lifestyle

 

Já começaram as inscrições para as palestras da sétima edição do Fashion Meeting. Se você gosta de moda, mas ainda não conhece o circuito de eventos ligados ao tema que o Fashion Meeting realiza, fique atenta. São diversos talks, palestras, exposições e entrevistas que são acessíveis para todos que amam moda e estilo. Nesta edição, contaremos com a presença da Paula para falar sobre um tema sempre atual e importante: a criação de uma imagem profissional que trabalhe ao seu favor. Para participar deste evento, que é gratuito, basta doar uma peça em jeans. Veja todas as informações aqui: http://www.fashionmeeting.com.br/fm7palestras.

 
Palestra Paula Martins: Como criar uma imagem pessoal e corporativa que trabalhe ao seu favor
Data e horário: 13 de abril de 2018, às 10h (chegada às 9h20m)
Duração: 50 minutos
Local: Museu da Imagem e do Som – MIS – Av. Europa, 158, Jd. Europa
 

Inscreva-se o quanto antes, pois as vagas são limitadas.

hubert de givenchy | l’éternel apprenti

13.03.18 | Lifestyle Moda


 

Morreu neste sábado o estilista francês Hubert de Givenchy, aos 91 anos. “O Eterno Aprendiz”, como se reconhecia, inaugurou sua maison em 1952 com uma coleção histórica, cheia de texturas, volumes e vanguardismo, sem perder, no entanto, a essência da elegância simples e confortável que sempre buscava em suas criações. A blusa cheia de babados batizada de Bettina (em homenagem a uma de suas principais modelos), foi um sucesso absoluto. A partir daí, Givenchy, que já havia trabalhado para figuras importantes como Christian Dior e Elsa Schiaparelli, ganhou a atenção do cenário de alta-costura, se tornando um dos maiores nomes do mercado. Mas foi em 1953 que seu trabalho foi realmente consolidado, quando conheceu sua mais importante cliente e que depois viraria sua amiga mais próxima, a atriz Audrey Hepburn. Givenchy desenhou os figurinos dos filmes Cinderela em Paris, Sabrina e Bonequinha de Luxo, o que tornou seu nome mundialmente conhecido e lembrado especialmente como um dos precursores das coleções prêt-à-porter e do indispensável “pretinho básico”. Foi também neste ano que Givenchy conheceu o estilista espanhol Cristóbal Balenciaga, que viria a influenciar seu trabalho para sempre.

 

 

Givenchy ficou à frente de sua marca até 1995, quando John Galliano assumiu o posto de diretor-criativo da maison, antes de ir para a Dior. Após a sua saída, estilistas até então novos e talentosos assumiram o cargo e viram suas carreiras se transformarem. É o caso do brilhante Alexander McQueen, que permaneceu na Givenchy de 1996 a 2001 e Riccardo Tisci, que ficou de 2005 a 2017 como a cabeça criativa da marca. Tisci, inclusive, foi responsável por grandes hits na Givenchy, tornando-a mais jovial e rocker. Bolsas, sapatos e peças icônicas criadas sob o seu comando alavancaram as vendas da maison, que foi colocada novamente sob os holofotes quando celebridades como Kim Kardashian e Beyoncé tornaram-se suas fiéis clientes.

 

 

Neste ano, porém, Riccardo Tisci foi substituído pela talentosíssima Clare Waight Keller. A designer britânica fez um trabalho magnífico na Chloé, tornando a marca novamente desejável e relevante. Com uma estética um pouco mais minimalista, porém adulta e extremamente sofisticada, Keller tem grandes chances de ser mais fiel aos preceitos de Hubert de Givenchy, que gostava de simplificar as coisas e pensar, primeiramente, nos desejos e no conforto de suas clientes.

 

 

Hubert de Givenchy será eterno. Perdemos apenas suas presença neste plano, mas sua história e contribuição jamais serão esquecidas.

 

 
Shop Givenchy
 

get the look especial women`s day | 5 mulheres inspiradoras

08.03.18 | Get Inspired By Lifestyle


 

Neste dia Internacional da Mulher temos muito o que comemorar, mas a sociedade ainda precisa progredir bastante no que diz respeito a direitos igualitários de gênero. Em uma comunidade ainda manchada pelo machismo, por atos de covardia e violência e dúvidas sobre nossa capacidade profissional e intelectual, listamos 5 mulheres de diferentes segmentos que estão muito além de nos inspirar apenas por seus estilos. São mulheres multitarefas e que são verdadeiras referências nas áreas em que atuam ou atuaram. Enxergue além da beleza, sempre!

 

 

Muito além de um rosto bonito, um corpo esguio e um estilo irrepreensível, Audrey Hepburn era a graça em forma de gente. Ao viver os horrores e privações da II Guerra Mundial, foi ajudada pela UNICEF onde, mais tarde, se tornaria embaixatriz de diversas causas humanitárias até o fim de sua vida. Ganhou todos os prêmios importantes por conta de suas atuações,mas jamais se deixou inebriar pela fama. Um verdadeiro exemplo a ser seguido, em todos os sentidos.

 

 

 

Gisele começou sua carreira sem grandes pretensões, mas se tornou uma das modelos mais importantes do mundo. Sua fama meteórica não foi alcançada apenas por sua beleza, mas principalmente por sua disciplina e profissionalismo. Gisele lançou o Brasil no mapa da moda mundial, mas não foi apenas isso. Atuante em causas ambientais, Gisele chama a atenção do mundo para o desmatamento da Amazônia, foi designada como Embaixadora da Boa Vontade pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente e já deu suporte para causas relacionadas ao HIV. Sempre está nas listas de mulheres mais bem-pagas e mais influentes do mundo.

 

 

 

Ícone absoluto de beleza, estilo e contribuição cultural com suas atuações em mais de 50 filmes, Brigitte Bardot segue influenciando as mulheres mesmo depois de mais de 40 anos da sua aposentadoria precoce. Ainda nos anos 70, pouco antes de completar 40 anos, Bardot se retirou da vida pública para se dedicar às causas animais. Atriz, cantora e ativista. Mesmo com tantos bons exemplos, era conhecida como “devadora de homens” por conta de seus diversos relacionamentos. Polêmicas com questões políticas à parte, Brigitte Bardot influencia por ter sido uma mulher à frente do seu tempo, por ter vivido plenamente enquanto quis abraçar a fama, e por ter largado tudo com a facilidade de quem realmente não se apega a nada.

 

 

 

Michelle Obama dispensa apresentações. Como primeira-dama dos Estados Unidos, se consagrou como uma das figuras mais carismáticas e respeitadas do mundo. É advogada, escritora e atuante em diversas causas filantrópicas. Já deu suporte para questões ligadas ao câncer, pobreza, alimentação (inclusive implementando uma horta orgânica na casa branca), obesidade infantil e é uma defensora contumaz do direito das mulheres, especialmente à educação.

 

 

 

A arquiteta modernista ítalo-brasileira Lina Bo Bardi nasceu em Roma e, apesar de ter vivido os infortúnios da II Guerra Mundial, não se deixou abater e participou de atos de resistência contra a ocupação alemã. Veio para o Brasil no final da década de 40, naturalizou-se brasileira e aqui viveu até sua morte. Suas obras arquitetônicas são de inestimável importância para a sociedade e visam principalmente a ocupação popular. Entre suas obras, estão a Casa de Vidro, no Morumbi, o Masp e o SESC Pompéia.

 

vestido-camisa midi | a.camisa

06.02.18 | Lifestyle Look da Paula


 

A versatilidade da camisa com a praticidade do vestido em uma única peça, assim foi pensado o novo modelo da a.camisa, que carrega a atemporalidade e sofisticação da marca, com um toque de moda em seu comprimento midi. A fenda lateral e o recorte nas costas são um charme a mais e garantem muita personalidade. O vestido está disponível em 3 opções de cores na loja virtual, confira clicando em cada uma das imagens:

 


 

 

baile da vogue 2018

02.02.18 | Lifestyle Look da Paula


 

Aconteceu na noite de ontem, em São Paulo, a edição 2018 do “Baile da Vogue”, uma das festas de carnaval mais badaladas do Brasil. O tema da noite era “Divino, Maravilhoso”, que celebrava nosso país e sua cultura. O evento é uma noite de gala, mas seu dress code permite a apropriação da temática, com fantasias e referências. A Paula optou por um vestido Reinaldo Lourenço, num belíssimo vermelho vibrante. Na cabeça, para entrar no clima da festa, um acessório desenvolvido exclusivamente pela dupla Rodrigo Rosner e Gabriel Pessagno:

 

 

Entre muitas convidadas com produções interessantes, selecionamos 5 looks que se destacaram, os queridinhos da Paula e equipe, confira: