SPFW N. 48 | Bobstore

15.10.19 | Semanas de Moda


 

 

A Bobstore foi criada em 1996 com o proposito de unir a leveza do estilo boho com a sofisticação urbana sem esforço da paulistana. A mistura esperta entre a nobreza da alfaiataria de qualidade e bem cortada com o fator cool do jeanswear fizeram da “Bob”- como carinhosamente é chamada pelas paulistanas – uma das marcas que mais queridas e lembradas do mercado.

 

 


 

O inverno da marca, no entanto, chegou um pouco mais experimental. O estilista André Boffano teve como cenário o movimento artístico abstracionista das artistas Hilma af Klint, Emma Kunz e Agnes Martin, mas suas inspirações foram além da estética e adentraram no lifestyle dessas figuras femininas tão fortes quanto místicas. Mangas com volumes românticos, cortes assimétricos e ombros levemente proeminentes criaram um visual delicado na essência, mas com personalidade nos detalhes, como na mistura de materiais mais pesados com outros fluídos, nas construções alternativas da silhueta – alongada tanto na parte de cima quanto na de baixo, através de formas comedidamente ampliadas e comprimentos estendidos.

 

 


 

 

A ótima cartela de cores injetou ainda mais sofisticação à coleção, que foi apresentada em vermelhos mais suaves, azuis e verdes opacos e terrosos das mais variadas profundidades. A feminilidade da textura plissada aplicada em camisas e vestidos contrasta com a densidade das peças em couro e com a mood utilitário implantado em faixas e cordões ajustáveis, bolsos e fivelas.

 

 


 
Imagens: Zé Takahashi

deixe seu comentário



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *