SPFW N.48 | Neriage

21.10.19 | Semanas de Moda


 

 

A marca é tão jovem quanto sua fundadora, a estilista Rafaella Caniello que tem apenas 23 anos. A Neriage (se diz Neriagui) foi criada em 2017 originalmente para Rafaella apresentar seu trabalho de conclusão do curso de moda na Faculdade Santa Marcelina. Mas o olhar sensível da estilista misturado com sua técnica apurada, fez com que a Neriage saísse da banca do TCC direto para a Casa de Criadores. O processo para integrar a SPFW parecia natural a esta marca que logo ganhou a atenção do público e um lugar nos e-commerces mais badalados do País.

 

 

 

Nessa coleção, Rafaela demonstra um claro amadurecimento técnico e talento para a manipulação de matéria-prima nobre e a construção de silhuetas delicadas, porém modernas. A estilista também reconta na passarela uma de suas próprias experiências (quando viajou a Alto Paraíso, no cerrado goiano), através de um olhar sensível, onde a contemporaneidade inerente à marca não agride e não deturpa essas referências tão honestas. As cores da região goiana inspiraram Rafaela a usar nesta coleção terrosos fechados, azul-escuro, verdes e roxos profundos, ocre e tons arenosos mais claros. As construções da silhueta feita em camadas distintas emanavam conforto pelas modelagens mais soltas. Blusas, casacos que remetiam a quimonos e vestidos vieram com a cintura marcada e injetaram ainda mais delicadeza à coleção. O trabalho com texturas mais densas costuma ser um dos maiores códigos da marca, mas dessa vez as peças tinham maior liquidez e as padronagens marcantes foram substituídas por plissados sutis, tricôs finos e brilho discreto conseguido através das peças fabricadas em tecidos nobres e reluzentes. Coleção aristocrática, mas com o pé no chão.

 

 

 

 
Fotos: Zé Takahashi

deixe seu comentário



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *