resort 24 – o BRUTALISMO como referência estética

06.06.23 | moda pra pensar Semanas de Moda


 

O movimento brutalista na arquitetura surgiu como uma reação aos valores românticos e nostálgicos que não mais faziam sentido em uma Europa devastada pela guerra. Como forma de economia, o contexto estético ficou em segundo plano e cedeu lugar a construções de formas frias, estruturadas e puramente funcionais, afinal, reerguer cidades demandam outras prioridades do que simplesmente um visual agradável. Surgia, assim, um novo estilo arquitetônico que se disseminou pelas maiores cidades da Europa e inspirou diversas construções entre o mundo (entre elas o nosso MASP, de Lina Bo Bardi). Moda e arquitetura têm uma colaboração ampla e de longo prazo e pudemos notar que o brutalismo parece ter inspirado o design e até algumas campanhas nesta temporada resort 24. E isso nos fez imaginar se essa narrativa seria o próximo passo do movimento quiet luxury (a gente não aguenta mais esse termo). Se o luxo modesto é pontuado pela estética do longo do prazo, pelos clássicos atemporais e pelo visual avesso aos excessos, o brutalismo também se encaixa nessas características, mas com a diferença de que aqui entra em cena a funcionalidade. Linhas retas, formas puras e rigorosas, cortes geométricos, unicidade de cor, material, textura e proposta, roupas que cumprem seu exato papel em uma rotina dinâmica, altamente produtiva e com pouco espaço para extravagâncias. Também o momento em que o movimento brutalista surgiu parece se encaixar com o nosso atual contexto social que não nos dá muita segurança para grandes investimentos ou muitas experimentações visuais. As coleções resort, que podem ser uma prévia do que virá na próxima temporada spring em setembro, nos mostram qual será nossos próximos passos não só em termos estéticos, mas também comportamentais e que podem ser traduzidos em segurança, familiaridade e a possibilidade de alta performance adicionada a esta equação.

 

deixe seu comentário



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *