Resort 2021 | Refúgio bucólico

30.07.20 | Lifestyle Moda Tendências


 

Nós já falamos aqui no blog a respeito de algumas tendências que o momento atual fez surgir. Tivemos uma reviravolta significativa nos rumos dos movimentos de moda com todos esses acontecimentos. Os relatórios de tendência foram repensados e tudo que estava certo de repente não fazia mais sentido nem para o presente, tampouco para o futuro. Desses novos movimentos, notamos que alguns já podem ser observados nas apresentações recentes das coleções resort 2021 e um dos principais é o que chamamos de refúgio bucólico. Aqui existe uma clara intenção de promover uma conexão entre o homem e a natureza, com o resgate do que temos como os códigos de uma vida simples no campo. A estética campestre fica a cargo de vestidos mais soltos, estampas florais delicadas, design que remete a uma feminilidade quase ingênua, xadrezes (especialmente o vichy) e peças que fazem alusão às atividades do campo. Mas não é só de florais, xadrezes e vestidos lúdicos que a tendência vive. A ideia aqui é muito mais ampla e abrange também as matérias-primas e as técnicas que são usadas para confecção das peças. A valorização de artistas, artesãos e pequenos produtores que possuem métodos centenários de manufatura, o cuidado com a origem dos tecidos que garante a fabricação de peças sustentáveis, a reutilização e a ressignificação de materiais usados em coleções antigas e o respeito a cultura local com a devida participação da comunidade são algumas das características desse movimento que se volta para o natural, para o feito a mão e para a simplicidade, tudo em harmonia com o que um isolamento no campo pede.

 

8 Maneiras de usar TIE-DYE durante o inverno

17.06.20 | Get Inspired By Styling Tendências


 

De tempos em tempos a padronagem tie-dye volta para o nosso radar fashion. No verão passado a tendência começou a aparecer novamente e continua para esta temporada de inverno. Apesar de geralmente ser colorido e associado aos looks para os dias de calor, o tie-dye cai muito bem nas produções feitas para as baixas temperaturas. Prova disso são os inúmeros vídeos que ensinam a técnica não só em camisetas, mas também em peças de moletom, tricô etc. Seja no look total ou em pequenos detalhes, vamos ensinar oito maneiras de usar a tendência para atualizar o look do inverno.

 

 

 

 

SHOP

 

Especial #FIQUEEMCASA | Os movimentos artísticos que influenciam a estamparia do verão 21

19.05.20 | Moda Tendências


 

Arte e moda sempre estiveram conectadas de maneira íntima. A discussão sobre a moda ser uma forma de arte tem espaço vitalício no meio, mas é indiscutível que os movimentos artísticos sempre irão servir de base para as mais diversas criações. Nos desfiles da temporada verão 20/21 esses movimentos ganharam força na estamparia e vieram carregados na dramaticidade. A arte deixa de ser um mero detalhe e passa a ser realidade em peças únicas e de composição principal do look, injetando teatralidade e riqueza cultural ao visual. Na Alexander Mcqueen, vestidos e outras peças com padrões de linhas embaraçadas lembram o expressionismo abastrato, enquanto que nas criações da Marni, o fauvismo serviu de referência para as padronagens superlativas e ultra coloridas de peças volumosas e chamativas. Alguns dos principais movimentos de vanguarda do Sec. XX também foram lembrados, a exemplo dos olhos surrealistas que apareceram nas criações do estilista americano Christian Siriano e na homenagem mais do que literal às obras de Pablo Picasso – um dos fundadores do cubismo – na passarela da Moschino. A exuberância do estilo art nouveau se fez presente na Louis Vuitton – que trouxe inovação ao movimento ao aplica-lo em cores vívidas – e nas criações do estilista Christopher Kane, que se baseou no trabalho do arquiteto e designer escocês Charles Rennie Mackintosh. Influências mais modernas e urbanas serviram de referência para a coleção da Coach, que se valeu da pop-art do ilustrador americano Richard Bernstein para estampar blusas e suéteres e nas peças maximalistas e contemporâneas de Junya Watanabe em colaboração com os gaffitis coloridos de Demsky J. e da dupla brasileira de muralistas Douglas Pereira and Renato Reno, criadores do Bicicleta sem Freio. Conheça ou reconheça esses movimentos artísticos através da moda e aproveite seu tempo em casa para se integrar desses e de outros artistas.

 


 

 

 

Especial #FIQUEEMCASA | 5 movimentos de moda que surgiram com a quarentena

13.05.20 | Lifestyle Moda Tendências


 

Tons de conforto

 

 

Os tons terrosos, que comumente são resgatados durante o outono, surgem em uma versão mais clean. Cores de atmosfera empoeirada, como os beges, arenosos e cinzas quentes remetem a sensações de calma, tranquilidade e conforto – essenciais para este momento.

 

Acessórios de colo e rosto

 

 

Com um aumento significativo do trabalho em casa e das videoconferências, chamar a atenção para a parte de cima do corpo faz muito sentido. Brincos e colares maiores e mais significativos ganham espaço neste cenário e têm tudo para se manter após a quarentena, já que o home office é uma realidade cada vez maior para diversas profissões.

 

Acabamentos que facilitam o vestir

 

 

Se o conforto é um elemento crucial para as vestes da quarentena, é de se esperar que as roupas contenham acabamentos e elementos de design que proporcionem um vestir simples e liberdade de movimentos. Calças, saias e bermudas com cinturas de elástico, fechamento afivelado ou por velcro, portanto, são as peças que ganham protagonismo nesse momento.

 

Riqueza na parte de cima do corpo

 

 

Assim como os acessórios chamativos no colo e rosto funcionam melhor para este momento onde as reuniões por vídeo são mais intensas, peças para a parte de cima da silhueta com elementos importantes também entram neste movimento. Blusas, camisetas, suéteres e camisas com golas inusitadas, mangas bufantes, babados, bordados e demais detalhes que chamamos de statement se concentram na parte superior do corpo e nos deixam mais preparadas para as ocasiões de trabalho à distância.

 

Valorização do eterno

 

 

Em contrapartida, as peças de design considerado eterno também ganham protagonismo, já que não é uma ocasião ideal para compras impulsivas. Alfaiataria, boas peças em jeans clássico, estamparia tradicional e os básicos indispensáveis ganham maior importância e consequentemente contribuem para um consumo menor e mais consciente.

PFW Fall 2020 – 9 tendências do street style

04.03.20 | Semanas de Moda Street Style Tendências

 

O street style da semana de moda de Paris costuma ser o mais extravagante e glamouroso do circuito. Por ser o polo dos maiores nomes da indústria, com os desfiles mais aguardados e grandiosos, as convidadas da Paris Fashion Week tendem a elevar suas produções a níveis bem mais fashionistas do que nas outras cidades. Nessa temporada não foi diferente. Identificamos o retorno de alguns movimentos, como a bota branca e o estilo boho, mas com uma pegada mais urbana. No campo das peças de complementação, temos os casacos amplos e de atmosfera utilitária que remetem ao paraquedismo, junto com a releitura de clássicos do armário com design dramático conseguido através de sobreposições, mangas volumosas e recortes diferenciados. Na estamparia, o grafismo com alto contraste do preto e do branco aparece em looks totais e a mistura de estampas bem diversas cria produções tanto ousadas quanto visualmente ricas. Bolsas com elos grossos, construções extremas de camadas em um mesmo look e a sofisticada composição de cores neutras completam nossa lista das tendências do street style da Paris Fashion Week. Confira:

 


outono/inverno 2020 – DARK ROMANCE

03.03.20 | Moda Tendências


 

O estilo romântico é pautado pela delicadeza. Mulheres que tem esse estilo como principal gostam de cores claras, estampas florais, comprimento midi, mangas bufantes, vestidos acinturados, sapatos de bico arredondado, peças rendadas etc. Ao que parece, a temporada outono/inverno será sobre a revisitação desse estilo em uma nova roupagem, menos açucarada e mais contemporânea, já que a ideia aqui é integrar essa feminilidade com características de outros estilos. O movimento Dark Romance, que identificamos nos desfiles da temporada fall 2019 que corresponde ao inverno deste ano aqui no hemisfério sul, mistura o romantismo com densidade, sensualidade, casualidade e dramaticidade. Os mesmos elementos que compõem o visual da mulher romântica entram aqui, mas de uma maneira mais pesada, com misturas de materiais rígidos, transparência, brilho, texturas, volume, finalização com acessórios mais urbanos e botas robustas e, claro, tendo o preto como pano de fundo.

 


 

SHOP THE MOOD

 

LONDON FASHION WEEK – As botas que dominaram o street style da semana de moda londrina

20.02.20 | Semanas de Moda Tendências


 

A semana de moda londrina inspira pela inovação, afinal, essa é a cidade-berço de diversos movimentos culturais urbanos importantes que ajudaram a moldar novos comportamentos sociais e que causaram impacto permanente na moda. É de se esperar, portanto, que o street style de Londres seja muito mais moderno e vanguardista que nas outras cidades do circuito tradicional. E observando as imagens das mulheres que passaram pelos desfiles, notamos a presença maciça das chunky boots. Essas são botas bem robustas, como o próprio nome sugere, de solado grosso e tratorado, forma arredondada e visual quase grosseiro. Essa mistura de coturno com galocha é perfeita para o clima chuvoso de Londres, além de conceder uma boa dose de estilo para o look. A bota pode ser usada com peças mais femininas, como saias curtas e vestidos fluídos para equilibrar o romantismo do visual, com casacos amplos para uma produção bem urbana e, como vimos bastante, colocadas por cima de calças de modelagem mais solta para que se crie um volume diferenciado. Confira como as convidadas dos desfiles da semana de moda de Londres usaram suas chunky boots e encontre nossa seleção dessas peças ao final do post.

 

 

SHOP!

 

7 Tendências do street style da semana de moda de NY

18.02.20 | Moda Semanas de Moda Tendências

 

A temporada fall 2020 começou por NY na semana passada e já temos um pequeno resumo das tendências que poderemos usar aqui durante o inverno. O que notamos é que cores mais intensas estão sendo usadas, seja no look completo ou em acessórios, mas para quem prefere um visual clássico nas temperaturas mais baixas, os terrosos continuam em alta. A densidade dos tecidos também é levada em conta na hora de montar a produção invernal, seja misturando materiais leves com outros mais robustos ou elegendo um único tecido para compor todo o look – no caso de NY, o couro é o preferido da vez. Elementos clássicos do inverno são revisitados, seja da forma tradicional ou com uma atualização. É o caso do sobretudo, que retorna como peça complementar do look ou usado fechado, como um item principal e do xadrez, que aparece em cores brilhantes e ganha modernidade. Detalhes que fazem a diferença no resultado final da produção sempre aparecem nas tendências de street style e agora é a vez das botas – dramáticas, estampadas, metalizadas e texturizadas.

 

 

 

 

 

 

 

SAG Awards 2020 – As tendências do red carpet

20.01.20 | Lifestyle Tendências


 

Aconteceu ontem em Los Angeles a entrega dos SAG Awards, premiação realizada pelo sindicato dos atores de Hollywood. E como não poderia ser diferente, analisamos todos os looks que passaram pelo tapete vermelho do evento e percebemos algumas tendências em vestidos de gala que podem ajudar na hora de escolher aquela produção mais caprichada para situações formais. Confira:

 


#TBT botas vitorianas

16.01.20 | Moda Tendências


 

O #TBT de hoje vai longe, mais especificamente na era vitoriana, período compreendido entre 1837 e 1901, durante o reinado da Rainha Victoria da Inglaterra. Naquela época, imitar a silhueta baixa e delicada da Rainha era a moda, portanto as roupas e acessórios com amarrações estavam em alta, justamente para comprimir o corpo e chegar no ideal de beleza do período. Nessa pegada de diminuição da silhueta a todo custo, até os pés sofriam e os calçados tinham amarrações para fazê-los ter aparência de serem menores. Sorte nossa que esses tempos de intervenções extremas para adequação do corpo a um certo padrão não faz mais parte da realidade e podemos usar a moda para expressão do que realmente gostamos. Os modelos das botas vitorianas vistos nas passarelas da temporada outono/inverno 2020 são bem parecidos com os usados naquela época e carregam uma atmosfera vintage forte. Bicos que podem ser redondos ou mais angulosos, mas sempre proeminentes, cadarços, fitas ou fivelas (no caso de modelos com toques mais modernos) para fechamento e salto médio são as principais características desta bota que pode ser usada com peças mais contemporâneas e volumosas para equilibrar o ar antigo do modelo.

 

 

SHOP!