12 Composições para você experimentar nesse inverno

01.07.20 | Get Inspired By Street Style Styling


 

Que nós nos vestimos melhor no inverno é verdade, mas geralmente quando as temperaturas abaixam buscamos mais conforto térmico e menos estilo. Justamente por isso acabamos vestindo sempre aqueles looks curingas, que sabemos que vão nos deixar quentes e que são à prova de erros quando se trata de composição visual. Misturas de cores neutras e especialmente escuras, aqueles suéteres clássicos, o casaco que já está no seu armário há anos e calças de materiais mais densos, como jeans e couro, fazem parte do pacote clássico das produções invernais. Mas é possível ousar sem perder de vista a manutenção do calor corporal com essas doze propostas de composições diferenciadas e que vão dar um upgrade no seu look para esta estação.

 

15 Looks para experimentar o blazer oversize

24.06.20 | Get Inspired By Street Style Styling


 

Que o blazer é um item essencial do armário nós já sabemos, mas o que você pode fazer para variar seu uso e deixar o look muito mais despojado é explorar a peça em sua versão mais ampla, quase como se tivesse sido emprestada do closet masculino. O blazer oversize aparece bastante nas produções mais fashionistas ao redor do globo, torna qualquer visual cool e, dependendo da padronagem e da origem, injeta um perfume retrô que deixa tudo ainda mais criativo e interessante. Seja em um look total oversize, com equilíbrio de proporções ou mesmo combinado com outros itens de atmosfera sensual, o blazer mais largo é aquela terceira peça que vai finalizar seus looks com muito mais graça. Veja quinze produções que selecionamos para você se aventurar nos volumes mais dramáticos de uma peça tão clássica.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

SHOP

 

Especial #FIQUEEMCASA | 10 sites para quem ama street style

26.03.20 | Lifestyle Street Style


 

Ficar muito tempo em casa implica em manter a mente ocupada com o trabalho convencional, organização doméstica e, obviamente, lazer. Se você gosta de moda ou começa a se interessar pelo assunto, já deve saber que olhar para os desfiles é importante, mas é no street style que os movimentos ocorrem com mais força. Além de lançar tendências, o que se veste nas ruas se torna uma reinterpretação de muitas coisas que são apresentadas na passarela, o que torna a moda ainda mais real. Selecionamos dez sites que focam não só no street style, mas também em toda a atmosfera que ronda o captar de uma boa imagem de moda ou lifestyle. Cada site possui seu nicho e sua particularidade, mas o que todos têm em comum é a beleza e a sensibilidade do olhar de fotógrafos talentosos que enxergam muito mais do que uma roupa bonita. Para acessar os portais, basta clicar na respectiva imagem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PFW Fall 2020 – 9 tendências do street style

04.03.20 | Semanas de Moda Street Style Tendências

 

O street style da semana de moda de Paris costuma ser o mais extravagante e glamouroso do circuito. Por ser o polo dos maiores nomes da indústria, com os desfiles mais aguardados e grandiosos, as convidadas da Paris Fashion Week tendem a elevar suas produções a níveis bem mais fashionistas do que nas outras cidades. Nessa temporada não foi diferente. Identificamos o retorno de alguns movimentos, como a bota branca e o estilo boho, mas com uma pegada mais urbana. No campo das peças de complementação, temos os casacos amplos e de atmosfera utilitária que remetem ao paraquedismo, junto com a releitura de clássicos do armário com design dramático conseguido através de sobreposições, mangas volumosas e recortes diferenciados. Na estamparia, o grafismo com alto contraste do preto e do branco aparece em looks totais e a mistura de estampas bem diversas cria produções tanto ousadas quanto visualmente ricas. Bolsas com elos grossos, construções extremas de camadas em um mesmo look e a sofisticada composição de cores neutras completam nossa lista das tendências do street style da Paris Fashion Week. Confira:

 


MFW Fall 2020 – 7 tendências do street style

27.02.20 | Semanas de Moda Street Style

 

Já fizemos um apanhado das principais tendências das ruas durante as semanas de moda de NY e Londres (caso tenha perdido, clique aqui e aqui) e agora é a vez de Milão. As frequentadoras dessa fashion week costumam extravasar um pouco mais. Temos mais cores intensas e estampas, looks superlativos e um nível mais elevado de dramaticidade. Mesmo assim, notamos algumas tendências que podem ser facilmente adaptadas ao nosso dia a dia durante a temporada outono/inverno 2020. Confira:

 

Spring 2020 COUTURE | A única peça que você precisa ter no inverno de acordo com o street style da semana de alta-costura

28.01.20 | Street Style


 

Aquela máxima de que no inverno as pessoas se vestem melhor vai ser ainda mais verdadeira depois que você incluir essa peça na sua produção. O couro sempre foi um item chave nas temperaturas mais amenas, mas de acordo com o que vimos no street style da semana de alta costura de Paris, ele não só vem como um clássico, mas também se torna o protagonista do visual em sobretudos, jaquetas e casacos statement. Casacos longos e acinturados, jaquetas com textura e detalhes em pelo fake, aplicações e franjas e peças oversize com detalhes utilitários são o terceiro elemento que você precisa para passar pela temporada de inverno com um toque de riqueza no look.

 

 

 

 

 


 

 

 

SHOP!

 

PARIS FASHION WEEK SS 20 | 10 tendências do street style

01.10.19 | Semanas de Moda Street Style Tendências


 

A temporada spring 2020 encerrou hoje em Paris com desfiles importantes como Chanel, Miu Miu e Louis Vuitton. No street style da semana de moda mais tradicional do circuito vimos muitas produções clássicas, um resgate de silhuetas antigas, construções dramáticas e a exploração da feminilidade com peso. Com as temperaturas já começando a baixar no hemisfério norte, tivemos uma boa prévia do caminho que as tendências vão tomar para a próxima temporada outono/inverno, ao contrário do que ocorreu em NY e Milão, por exemplo, onde o tempo mais ameno da transição de estações permitiu o uso de roupas mais leves e looks mais afastados do que já havíamos observado como tendência para o inverno 2020. Conheça agora 10 tendências que analisamos na porta dos desfiles da Paris fashion week:

 

 

Em nossos relatórios de tendência aqui do escritório nós já havíamos observado que o xadrez teria um retorno importante para a temporada fall 2019/20, paralelo ao movimento de um resgate de códigos aristocráticos nas vestimentas. Conjuntos inteiramente compostos da estampa apareceram diversas vezes no street style de Paris, seja em cores tradicionalmente ligadas à padronagem, como os cinzas, ou em tons mais vibrantes – o que traz modernidade à atmosfera austera do xadrez.

 

 

Se a bota montaria foi o hype do street style em outras cidades, em Paris o coturno foi o protagonista. Já há algum tempo em evidência, o calçado serviu tanto para trazer densidade a composições mais femininas, como um toque urbano para produções com peças tradicionais.

 

 

O couro se consagrou como um dos principais materiais de toda a temporada spring 20 e nas ruas dos desfiles de Paris ele apareceu muitas vezes dos pés à cabeça nos looks das fashionistas, seja em peças únicas como vestidos e macacões, seja de uma forma mais exuberante com a combinação de diversas peças na textura.

 

 

O macacão é sempre um curinga e garante bom resultado visual quando falta tempo ou criatividade na hora de se vestir. A peça com pegada utilitária em tons caqui, composta de bolsos, zíperes e amarrações deixa o look cool sem esforço.

 

 

Após a revolução francesa, as mulheres (e os homens também) quiseram se distanciar de todos os códigos visuais que pudessem ser ligados à corte, portanto, os vestidos ficaram mais simples, com silhueta ajustada e elementos de design discretos, mantendo-se, no entanto, a delicadeza e a feminilidade em detalhes, como a cintura marcada na altura do busto, mangas levemente bufantes e golas e punhos trabalhados com rendas ou babados, no período que ficou conhecido como Regência. A referência pôde ser notada em diversos looks da semana de moda parisiense, que aliaram vestidos e capas que fazem alusão a este período histórico com itens contemporâneos, como botas pesadas, conjuntos de alfaiataria de corte reto e clutches.

 

 

Peças com volume criam uma imagem exuberante de poder, especialmente na região dos ombros. Blazers e casacos de cortes diferenciados e shape amplo, porém estruturado, formaram construções visuais fortes e que remetem à influência da arquitetura na moda, movimento bastante difundido por marcas como Monse e Louis Vuitton.

 

 

Basta um bom casaco para que se monte uma produção de impacto. Esse parece ter sido o ponto de partida para várias fashionistas editarem seus looks durante essa temporada, que se valeram de um terceiro elemento chamativo e o colocaram como peça principal do visual. Aqui o casaco não complementa, ele é o protagonista!

 

 

Num mar de tons clássicos e terrosos o turquesa, com toda sua eletricidade e alegria, chamou a atenção. No street style de Paris a cor não ficou restrita aos detalhes e apareceu em looks completos ou na combinação com outros tons igualmente vibrantes.

 

 

Ao que tudo indica, a bota branca sobrevive por mais uma temporada. O controverso calçado, desta vez, ganhou mais destaque tanto em looks de cores contrastantes como quando colocado por cima da calça – em um dos truques de styling mais utilizados desta temporada.

 

 

Na dúvida, opte pelo clássico! E na semana de moda de Paris um dos itens mais tradicionais do guarda-roupas ganhou merecido destaque no street style: o trench-coat. Mais francês, mais sofisticado e mais certeiro, impossível.

MILAN FASHION WEEK SS 20 | 9 tendências do street style

26.09.19 | Semanas de Moda Street Style Tendências

 

Na semana passada aconteceu a fashion week de Milão e nós compilamos nove tendências que apareceram nas portas dos desfiles. O street style milanês costuma ter uma mistura entre o ultra sofisticado e o conceitual barulhento. Alfaiataria e cores sóbrias andam juntas com volumes exacerbados, sobreposições experimentais, estampas intensas e tons brilhantes – extremos que representam bem o estilo das fashionistas italianas. Confira:

 

 

Roupas que lembram os pijamas parecem ter ganhado um novo fôlego durante a semana de moda de Milão. Conjuntos de textura acetinada ou algodão leve, listrados e de cores típicas do nightwear apareceram muito, assim como blusas de alças finas que remetem ao babydoll e saias de textura leve e adornadas com renda que lembram as anáguas.

 

 

O couro de um modo geral apareceu muito no street style milanês, seja nos trench-coats, jaquetas e calças ou em peças mais inusitadas, como vestidos feitos inteiramente do material. Mas o item de couro que parece ter sido unanimidade entre as convidadas dos desfiles foi a bermuda. De comprimento médio e mais larga, a peça se tornou item de luxo nas produções e é uma alternativa bem mais atual para a tradicional bermuda de alfaiataria.

 

 

Peças tradicionais, como coletes risca de giz, calça de alfaiataria, saias-lápis, camisas e sobretudos ganham ares contemporâneos com a adição de elementos de design utilitários, como bolsos amplos e zíperes.

 

 

A bota de montaria volta repaginada, muito mais moderna e com boa dose de sensualidade. A altura acima do joelho, materiais nobres (como o couro croco), o bico afinado e o salto conferem sofisticação à peça, que volta a ser usada por cima da calça. O modelo da Max Mara (imagem do meio), desfilado na temporada fall 2019/20 foi o mais visto durante essa fashion week.

 

 

Esse truque não pode mais ser ignorado, nem que seja para torcermos o nariz. Amarrar a sandália sobre a calça foi um dos macetes mais vistos em NY, Londres e agora em Milão. Vale tentar se você não tem medo de ousar ou precisa de um truquezinho simples e rápido para dar uma levantada em um visual mais básico. O que pode funcionar é manter a monocromia entre a calça e a sandália para não criar uma quebra visual tão abrupta.

 

 

As plumas foram uma tendência importante na temporada passada, mas parece que em Milão elas continuam acontecendo – de uma maneira mais sóbria, entretanto. Peças com detalhes do material injetam um glamour com atmosfera retrô ao visual e fazem qualquer look mais simples ficar mais interessante e rico.

 

 

Os florais fazem parte da estamparia clássica, mas a verdade é que nunca olhamos muito para as rosas – embora sejam as mais clássicas das flores. Considerada por muitos como uma estampa de gosto duvidoso, as rosas ganharam uma justa absolvição e surgiram em estampas avantajadas e cores chamativas.

 

 

No lugar do monocromático rígido, vimos que em Milão a composição de diversos tons de uma mesma família de cores pode ser muito mais interessante, seja na mistura dos clássicos, como os terrosos, ou dos mais vibrantes (e olha a bota da Max Mara aí de novo!).

 

 

O look total branco deixa de ser composto apenas de peças únicas (como vestidos ou macacões) e vai para a alfaiataria clássica, contribuindo com um visual bem sofisticado e adulto no lugar do seguro (e já manjado) boho.

LONDON FASHION WEEK – 7 tendências do street style

19.09.19 | Semanas de Moda Street Style


 

Na semana passada falamos sobre as tendências do street style da semana de moda de NY (se perdeu, clique aqui) e hoje vamos analisar o que as convidadas da fashion week londrina andam usando. Por ser um destino mais cool, onde já surgiram diversos movimentos novos, as características visuais das vistantes de semana de moda de Londres costumam ser mais ousadas. Lembre-se que durante as fashion weeks o street style costuma ser muitas vezes fora da realidade, mas se compararmos as produções nova iorquinas com as desse post certamente vamos notar a diferença das construções do look, que em Londres são muito mais experimentais e ricos. Listamos sete tendências das portas dos desfiles de Londres para já inspirar nossas produções da próxima temporada outono/inverno.

 

 

Se na temporada passada os tênis chunky dominaram as ruas, dessa vez a característica robusta dos calçados permanece, mas aqui os sneakers são substituídos por coturnos e oxfords de visual mais pesado. Misturar essa peça com vestidos românticos, conjuntos sofisticados ou peças de apelo sensual traz um contraponto interessante ao look.

 

 

Itens tradicionais da alfaiataria e que trazem elegância ao visual ganham atualização quando combinados com sandálias casuais, camisetas gráficas, acessórios pesados, elementos esportivos e até um cabelo solto com textura natural. O truque aqui é levar menos a sério os itens clássicos do armário e criar a atmosfera do “se vestir sem esforço”.

 

 

Nada de minimalismo! Estampas gráficas e contrastantes apareceram em muitos looks da semana de moda londrina, seja em misturas inusitadas e sem regras ou em peças únicas. Vale também estampas clássicas apresentadas em cores intensas.

 

 

Peças com características extremamente românticas – como estampa floral, mangas bufantes e comprimento midi – são misturadas com outras mais atuais e marcantes, como bolsas estruturadas, sandálias de ponta quadrada e botas western. Note também que esses itens mais femininos não sugerem uma atmosfera romântica apenas, mas são bem literais nas referências e inclusive possuem um mood vintage (meio vitoriano, meio renascentista…) então a combinação com peças pesadas e contemporâneas é primordial para trazer equilíbrio ao visual.

 

 

As desconstruções das maneiras tradicionais de se dividir a silhueta estão sempre presentes nas semanas de moda, mas nessa temporada o truque parece ter ficado mais dramático. Sobreposições inusitadas alongam de maneira drástica a parte de cima do corpo e deixam o visual intrigante e diferenciado pela ousadia.

 

 

O street style londrino dessa temporada parece ser todo voltado para o exercício do novo olhar sobre o tradicional. Aqui os ternos femininos ganham modelagem desprendida e comprimentos perigosamente longos, dando a impressão de que eles foram emprestados do closet masculino. O visual com um conjunto tão tradicional, dessa forma, é revisitado para transformar-se em algo muito mais cool e contemporâneo.

 

 

Nós já falamos aqui deste estilo de sandália de tiras e sola grossas que mais parece a famigerada papete usada pelos turistas. Pois a tendência se confirmou durante o verão no hemisfério norte e os resquícios das temperaturas mais amenas permitiram o uso dessa sandália também com os looks pré-outono. Por ser bem esportiva, combiná-la com peças mais femininas ou sofisticadas é uma maneira inteligente de equilibrar o visual.

NYFW spring 20 – 11 tendências do street style

10.09.19 | Semanas de Moda Street Style


 

A temporada do verão 20/21 começou por NY e além das passarelas, claro, também sempre estamos de olho no que as convidadas estão vestindo para atender aos desfiles. Lá ocorre o finalzinho da primavera e os looks para acompanhar essa transição têm uma mistura das coleções de outono/inverno que já podem ser encontradas nas lojas do hemisfério norte e das tendências do verão (que já dá as caras por aqui). Separamos onze movimentos para você ficar de olho para suas próximas compras e montagens dos seus looks mais criativos.

 

 

O rosa em sua versão mais elétrica foi o tom escolhido por muitas fashionistas. Aqui ele deixa de ser um detalhe em um ponto de cor e passa a fazer parte da composição principal do look, seja em uma das peças-base do visual ou em uma produção monocromática.

 

 

Esse jeito de usar as botas de cano mais alongado já estava enterrado em nossas pastas de inspiração há muito tempo, justamente por existirem formas bem mais bacanas e criativas de estilizá-las. Mas ao que tudo indica, o truque foi desenterrado pelas frequentadoras do NYFW que arrumaram uma maneira atualizada de colocá-lo em prática: esqueça o visual já manjado das calças skinny e coloque sua bota sobre peças mais largas, de modo que se crie um volume diferenciado na parte de baixo da silhueta.

 

 

O verão praticamente pede um visual all white, mas o que notamos é que o branco nessa temporada vai muito além das peças em linho. Texturas marcantes, sobreposições, volumes e elementos de design dramáticos – como pregas, recortes, plissados e pespontos aparentes – é que ditam o visual clean da estação.

 

 

Vestidos fluídos, estampas florais, jardineiras, clogs (sim!), lenços na cabeça e peças carregadas de uma atmosfera bucólica fazem parte deste movimento que ganha ares menos ingênuos por conta de detalhes contemporâneos, como sapatos mais pesados, óculos escuros sofisticados e bolsas estruturadas.

 

 

O tradicional cardigã tem seu retorno triunfal para os looks de meia-estação e pode ser reutilizado além da maneira clássica. Pense em decote aberto caído sobre os ombros ou usá-lo fechado como uma peça principal do look e não como complementação.

 

 

Golas de design marcante ganham o foco nos looks trazendo um mood nostálgico para o visual. Golas vitoriana, rufo e boneca são ultra femininas e remetem a séculos passados enquanto que a estilo escafandro revisita os anos 60. Mas nada de saudosismo aqui! Junte peças que tenham as golas acentuadas com outras mais urbanas para não pesar a mão na referência retrô.

 

 

Assim como o rosa que falamos no início, o laranja também é intenso nessa temporada. Aqui ele é combinado com outras cores igualmente chamativas, como turquesa e verdes puros, compõe produções monocromáticas ou ainda é usado em itens de shape extravagante, como casacos oversize.

 

 

Os lenços deixam de ser meros objetos de adorno e passam a servir de inspiração para peças principais, como vestidos, blusas e calças. Aqui vale buscar roupas que imitem a textura, a estampa e o corte assimétrico dos lenços, ou se valer do próprio para montar uma peça exclusiva.

 

 

A milenar técnica japonesa de dobradura serve de referência aqui. Lapelas milimetricamente marcadas, pontas assimétricas, recortes e plissados entram neste movimento que confirma a vasta cultura do leste asiático como uma das grandes influências da moda nas próximas temporadas.

 

 

A onça, apesar de já ter se tornado uma estampa clássica, ganha um merecido descanso para deixar a padronagem de cobra reinar na moda. Aqui ela é utilizada não só nos acessórios – como sapatos e bolsas – mas também em itens principais do vestuário, como saias, casacos e calças.

 

 

O tie-dye marcado e bem característico da década de 70 e que ainda aparece por aqui neste verão será substituído pelo degradê, técnica bem mais delicada e intrigante. A sacada aqui é que as nuances da padronagem são inspiradas nos pôr-do-sol e suas misturas de rosas, vermelhos, laranjas, roxos e azuis.